Nota de Pesar


Em mais um momento de perda, lamentamos a morte do Bispo Emérito de Roraima, Dom Aldo Mongiano, ocorrida ontem, 15 de abril, em Turim, na Itália. Nomeado por Paulo VI, em 1975, bispo da Prelazia de Rio Branco, atual Diocese de Roraima, criada em 1979, permaneceu à frente da igreja no Estado até 1996. Dom Aldo deixou um legado de defesa e proteção dos povos indígenas de Roraima, uma escolha importante e histórica. Para nós, cristãos, fica o exemplo da sua fidelidade à Igreja e a corajosa posição em favor dos mais desamparados. Lenir Rodrigues

0 visualização