Deputada Lenir Rodrigues participa de Live sobre articulação política



A Dep. Lenir Rodrigues participou neste sábado, dia 15 de agosto, de uma Live promovida pela Secretaria de Mulheres do Cidadania 23, falando sobre articulação política no contexto partidário. A live serviu para tratar de temas pertinentes a campanha eleitoral que se avizinha e contou com a participação de filiadas e filiados de todo o país.

Falando sobre a questão de viabilidade política, a deputada Lenir Rodrigues disse que não existe campanha fraca, da mesma forma que pesquisa não ganha campanha. Ela disse acreditar em um eficiente trabalho de base para o sucesso em uma eleição.

Lenir Rodrigues frisou ainda que os maiores obstáculos para a participação das mulheres na política é a cultura machista, onde por exemplo, os recursos não são distribuídos de forma igualitária. “A participação da mulher na política tem de ser feita com a colaboração de homens com cabeça feminina, entendendo que as mulheres são ágeis, proativas, pois fazem muitas coisas ao mesmo tempo”, disse.

A deputada aproveitou para dar dicas sobre como viabilizar uma campanha política, que começa inicialmente com a captação do apoio da família, amigos e vizinhos, e a forma de captação de recursos. Além disso, a pauta do voto ético deve ser sempre ressaltada na campanha, que deve ser baseada em um trabalho de cunho social na comunidade.

Também é necessário que as pessoas em geral saibam da sua intenção política, a participação ativa nas ações do partido, além da convicção de que é capaz de vencer.

Segundo Lenir, quando se defende a maior participação das mulheres na política não se pleiteia o lugar dos homens. “Não queremos ser melhores do que os homens, queremos apenas ocupar o nosso espaço”, disse, para quem a luta visa transformar o machismo em companheirismo.

Lenir falou ainda da luta empreendida pelo Cidadania em Roraima para dar maior visibilidade às mulheres. Ela defende, por exemplo, o repasse dos recursos do fundo partidário para as contas individuais dos candidatos, para garantia da simetria de direitos. Ela enfatizou a intenção de tornar o Cidadania mais forte em todo o país, passando a ter mais forças nos espaços de poder.

5 visualizações