CPI da Saúde ouve testemunhas nos contratos de serviços da SESAU

A CPI da Saúde da Assembleia Legislativa de Roraima ouviu nos dias 27 e 28 de novembro mais seis pessoas que atuavam como fiscais no contrato da Secretaria de Estado da Saúde com a empresa terceirizada que opera o sistema de saúde, a Cooperbrás

Em depoimento, testemunhas relataram possíveis e irregularidades na escala de médicos, como jornadas duplas e plantões fora do estabelecido em contrato.

Segundo a deputada Lenir Rodrigues, “o foco da CPI não são os médicos, mas analisar os contratos e processos licitatórios para verificar se existem ilegalidades e se o dinheiro está sendo aplicado de forma correta”.

0 visualização